Como funciona a sedação endovenosa

 

Como funciona a sedação endovenosa?

A sedação endovenosa é administrada durante o procedimento odontológico, para garantir maior conforto e tranquilidade durante alguns de nossos tratamentos.

O anestesiologista monitora o paciente, fornece oxigênio por cateter e inicia as medicações para induzir um sono tranquilo além de analgésicos e outras medicações indicadas em cada caso.


Para quem a sedação endovenosa é recomendada?

A sedação endovenosa é recomendada para aqueles pacientes que desejam ter um maior conforto, não ter a percepção do tempo cirúrgico e para aqueles que apresentam alguma situação clínica em que a sedação e o monitoramento cardíaco sejam benéficos.

Notoriamente, a sedação ajuda bastante em pacientes muito ansiosos, pacientes que apresentam verdadeira “fobia” para tratamentos odontológicos, em especial naqueles que já tiveram uma experiência ruim em tratamentos anteriores.

É importante ressaltar que existem casos que merecem atenção especial. Doenças orgânicas como doenças cardíacas (pressão arterial alta, arritmias, doença nas válvulas cardíacas, entre outras) diabetes, quem utiliza antidepressivos, uso de medicações que alteram o metabolismo ósseo (por exemplo: bifosfonatos, quimioterapia vigente).

Por isso, é muito importante informar ao dentista e ao médico sobre os resultados dos exames laboratoriais solicitados, quais medicamentos faz uso, eventuais alergias, doenças associadas, enfim uma anamnese completa.


Como é feita a sedação endovenosa e quais seus principais benefícios?

O paciente é orientado a vir ao consultório em jejum (o tempo dependerá de cada caso). Irá para um suíte privada onde se estabelecerá um acesso venoso e orientações de como funcionará a sedação e o procedimento. O paciente é então encaminhado ao centro cirúrgico e monitorizado (pressão arterial, monitor cardíaco e oximetria de pulso). A sedação se inicia então com o uso das medicações apropriadas. O paciente terá uma sensação de conforto e sonolência, com instalação suave e tranquila. Após a instalação da sedação o dentista começa o procedimento pela anestesia local, seguida da cirurgia proposta.

Os pacientes permanecem bastante tranquilos pelo tempo que for necessário e terão alta para casa após um período de recuperação em sua suíte sob os cuidados dos profissionais da clínica. 

Ressaltamos, novamente, que a sedação endovenosa, visa principalmente a segurança e a proposição de conforto ao paciente, minimizando bastante seu desgaste emocional durante nossos tratamentos.

Compartilhe:

Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email
Share on linkedin
LinkedIn

Agende sua consulta

Preencha o formulário abaixo, em seguida o nosso time entrará em contato com você para confirmar a consulta.

Abrir Whatsapp
Agendar consulta